Sobre Páscoa e justiceiros

Era uma vez…
Um ladrão torturado e amarrado a um poste, sob o olhar da multidão.
Até que, ao seu lado, avistou um homem que defendia o amor e o perdão.
De repente, o homem ouviu gritos em meio à multidão, que o acusava:
“Está com dó, leva pra sua casa!”
O homem se virou para o ladrão e disse:
“Em verdade te digo: Estarás comigo no paraíso”.
Antes de dar-lhe um golpe fatal o guarda bradou:
“Quem tá do lado de bandido, bandido também é”.
Os dois, juntamente com outro ladrão que estava preso ao poste (pois na época isso era moda), foram assassinados pelos guardas sob a aprovação da multidão.
Só sua mãe chorou.
FIM

Philipe Arapian

Esse post foi publicado em Direitos Humanos: Minorias, Filosofia do Direito: Temas da filosofia de Bobbio. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s